Preguiça

Prefere a sua cama quentinha do que encarar os desafios?

Esse texto é a pedido de uma amiga muito querida em minha vida e que está na adorável e nada motivadora zona de conforto!

Então, se você também está vivendo nessa situação parecida continua nessa leitura que vai ter dica boa pra sair da m#$%@ quentinha.

Bom, como eu disse no começo essa minha amiga muito querida está na zona de conforto. O sabotador esquivo está no cangote dela, respirando tão forte mas tão forte, que até parece a respiração dela.

Pois bem, o problema é que ela tem um objetivo, um sonho, um projeto lindo e que está onde? Apenas no papel (espero que ela ainda tenha aquele papel, caso contrário só na cabecinha dela)!

E por que isso é um problema? Oras, como um projeto que está apenas na cabeça de alguém pode tocar as pessoas que estão apenas esperando essa oportunidade para fazer a mudança que precisam? Como as pessoas terão o conhecimento necessário, que apenas essa pessoa tem pra passar?

Tenho quase certeza (99% de certeza pra ser bem exata) que você também deve ter lindos projetos, espera que seu negócio seja um sucesso absoluto, talvez seu grande sonho seja impactar vidas com suas estórias de superação, compartilhar seu conhecimento ou suas paixões com o mundo. Mas de que adianta se isso estiver apenas na intenção e com ZERO ação?

Daí, você vê pessoas que atingiram o sucesso fazendo algo muito parecido com a sua proposta e pode ser que você se inspire com o que elas tem feito.

Mas e você, onde está que ainda não alcançou seus objetivos?


Algumas respostas possíveis:

1- Se concentrando em problemas que não tem controle;

2- Dizendo que estamos ainda em Março de 2018, tem muito tempo pra fazer;

3- Ajudando outras pessoas e esquecendo de você;

3- Acreditando que é muito difícil…

“Podemos ficar na cama, onde está confortável, quente e não há críticas para nos julgar, ou podemos enfrentar o mundo e ultrapassar os nossos limites. A escolha é sua.”- Tim Denning

Bom, você não veio até aqui apenas pra ler sobre problemas. Então vamos começar com algumas dicas bacanas que podem te ajudar a sair da zona de conforto a partir de agora!

Feito, é melhor que perfeito?

Quando eu estava no processo de Coaching, procrastinando me expor meus serviços, um colega em formação me fez exatamente essa pergunta: Feito, é melhor que perfeito?

Isso marcou minha vida, percebi que estava tentando achar o caminho perfeito, que tinha que ter os melhores resultados, o site mais lindo, o cartão de visita mais impactante. E percebi que isso não estava me fazendo alcançar as pessoas que eu gostaria, ter os clientes comprando meus serviços, muito menos levando a mensagem que eu gostaria de levar ao mundo.

O mesmo deve acontecer com você! Seu projeto incrível está aí parado, pois você espera a perfeição e isso não vai acontecer na primeira versão. Negócios, por exemplo, é algo vivo. Sem dúvida ele irá melhorar a cada feedback de seus clientes, a cada nova inspiração que surgir.

Então, comece com uma versão simplificada e que atenda seus objetivos iniciais. Mas comece agora!


Pare de focar no problema!

Sempre vai surgir um problema (eu prefiro chamar de desafio), a grande questão é: você tem o poder para resolvê-lo nesse momento?

Se a resposta for não, então enfie o problema ou desafio num saquinho imaginário e deixe ele de lado.

Eu aprendi que não temos condições de abraçar o mundo e não temos como dar conta de tudo! Então, se faça a seguinte pergunta sempre que estiver diante de um novo desafio:

Eu tenho controle sobre isso?

Acredite em mim, não adianta se esforçar pra mudar aquilo que não temos controle. Isso apenas traz uma série de emoções negativas (raiva, mágoas, ressentimentos etc) que não te ajudam em nada a viver seu grande sonho.

E pra você que não é de humanas (risos), aí vai uma continha:

Para cada 1 emoção negativa, você precisa de 4 emoções positivas.

Logo, toda vez que você experienciar algo e trouxer uma emoção negativa será necessário fazer diversas atividades que te tragam emoções positivas pra não entrar num estado de “Oh céus, oh vida, oh azar”.

Enfrente os desafios com coragem, você já superou outras fases difíceis!

Lembre-se agora do seu maior desafio.Você lembra como superou? Tenho certeza que você não desistiu e não se cansou até que atingisse aquele resultado esperado, pois era importante pra você, tinha significado.

Então agora eu pergunto: o que é mais importante nesse momento?

Pare de acreditar que é difícil, que dá muito trabalho. Você não é mais aquela criança que só tinha a obrigação de estudar e tirar boas notas, o mundo está exigindo mais de você! Como prefere responder a essas exigências, fugindo ou mostrando que é capaz e mais forte que esse desafio?

Todos nós temos a força de caráter CORAGEM:

“Você é uma pessoa corajosa, que não recua diante de uma ameaça, desafio, dificuldade ou dor. Você defende o que é certo mesmo que haja oposição. Você age de acordo com suas convicções.” – Fonte: VIA Institute on Character

E vai me dizer que você não tem isso aí, dentro de você? Tenho certeza que sim, senão você não teria superado esse desafio que veio a sua mente.


Se ajude, antes de ajudar alguém

Eu descobri que sou apaixonada por desenvolvimento humano quando me conectei com meu propósito de vida, mas também descobri que não adiantava nada querer ajudar alguém a evoluir se eu não buscasse meu processo de evolução também.

Daí, descobri que queria sempre ajudar aos outros, mas continuava me lamentando de não fazer algo significativo.

Quando gostamos de alguém queremos ver essa pessoa prosperando, buscando seu melhor, vivendo seus sonhos, alcançando bons resultados. Mas e quanto a nós? O que temos feito por nós mesmos?

É preciso entender que cada um tem o seu processo de evolução individual, e que essas mesmas pessoas precisam passar pelo aprendizado seja pelo amor ou seja pela dor. O que é impossível e, particularmente, nunca vi dar certo é fazer pelo outro.

Eu entendo, de verdade pois já fiz isso também, tentei ajudar alguém fazendo algo por elas imaginando que elas chegariam aquele resultado desejado, ou mudariam seu comportamento inadequado (na minha visão) e sabe qual o resultado?

NADA ACONTECEU, FEIJOADA!

Ninguém muda, se não estiver disposto a mudar. Ninguém faz, se não estiver disposto a fazer.

E quanto aos meus sonhos? Ficaram pra trás, esquecidos, adormecidos pois eu havia dado prioridade pros sonhos de alguém, os objetivos de alguém, os resultados de alguém.

Resumindo…

1. Se você não fizer, talvez ninguém fará por você.

2. E se esse alguém fizer, talvez o resultado não seja o que você queria.

3. Comece com um passo de cada vez, e se verá cada vez mais próximo de onde gostaria de estar.

4. Planeje sua rotina e não deixe pra fazer o que precisa quando ver que o tempo está acabando.

5. Mais uma vez: a escolha é sua! Vai continuar preferindo a cama quentinha ou vai encarar seus desafios?

 


Essas são as dicas de hoje! Espero que tenha gostado e que esse seja o impulso que precisava pra sair aí da sua cama ou do seu sofá.

Se você usou ou se identificou com alguma das dicas de hoje, deixe seu comentário aqui.

Não se esqueça também de dar um like, clicando no coração aqui embaixo. Assim você ajuda outras pessoas a encontrarem essa postagem e receber as dicas que estão aqui.

Um grande beijo e boa sorte!

Hey…não vá embora ainda